7 dicas para acelerar a internet

7 dicas para acelerar a internet

Lucas Lucas 13 jan 2022

Ter quedas de conexão ou ela não funcionar direito são problemas que, embora comuns, sempre nos tiram do sério. A internet rápida e eficaz é essencial para algumas funções de navegação, como assistir vídeos, jogar o game favorito, ou mesmo só rolar o feed nas redes sociais.

Mas, assim como existem coisas que podem impactar de forma ruim na sua velocidade, existem as que podem ser benéficas e ajudar a acelerar a internet na sua casa. Se ficou interessado em melhorar sua velocidade de internet, confira algumas dicas com a gente, do Tudo Tecnologia.

Dicas para acelerar a internet:

Profissional de TI
7 dicas para acelerar a internet

O que fazer para acelerar a internet?

É incrível o número de pesquisas nos buscadores da internet, com o tema “acelerar a internet”. Embora muitas pessoas não saibam, é preciso tomar cuidado com certas “dicas”, pois elas acabam prejudicando ao invés de ajudar. Para encontrar informações e soluções seguras, é preciso pesquisar em sites confiáveis, principalmente de operadoras e fabricantes de aparelhos roteadores e afins. Por isso, fizemos essa lista de possíveis soluções para ajudar você a acelerar a internet de sua casa, com ações simples e fáceis de fazer. Confira:

1 – Verifique o sinal da provedora

A primeira coisa a ser considerada é que o problema não esteja no seu computador ou na sua casa. Depois disso, é preciso conferir se sua provedora está disponibilizando toda a velocidade contratada.

Segundo a Anatel, uma provedora de internet é obrigada a ofertar pelo menos 80% do que foi contratado. Por exemplo, se o seu plano é de 10MB, o mínimo a ser recebido é de 8MB. Sabendo disso, é possível verificar a velocidade atual por sites especializados, como o SpeedTest ou o próprio Google, basta pesquisar por “teste de velocidade”.

No caso de não ser a velocidade contratada, você deve contatar a provedora e buscar informações. Vale ressaltar que o teste deve ser feito com internet no cabo e no wi-fi, para sua maior segurança. Se houver diferença quando com cabo ou no wi-fi, o problema pode estar no roteador.

2 – Reinicie a conexão

Sim, às vezes funciona. Mesmo que pareça bobo e fácil demais, reiniciar o seu modem pode dar o resultado esperado. Para tentar resolver seu problema, desligue o roteador, espere 10 segundos e ligue-o novamente. Então, espere até que todas as principais luzes se acendam e tente a conexão novamente.

3 – Verifique se existem programas em segundo plano

Existem alguns programas que continuam em execução, mesmo após fechados. E eles podem “sugar” sua internet, especialmente se forem softwares focados em downloads ou de transferências constantes de dados.

O ideal é fechá-los pelo gerenciador de tarefas. Para fazê-lo, siga o passo-a-passo abaixo:

  1. Pressione as teclas Ctrl+Alt+Del simultaneamente. Dependendo do seu Windows, duas opções podem aparecer;
  2. Uma das opções é abrir diretamente o gerenciador de tarefas. Nele, é possível observar quais programas estão utilizando a rede, o disco, a memória, etc. Identifique se há muitos usando demais a internet e feche-o ao clicar nele e “Finalizar Tarefa”;
  3. Na segunda opção, após pressionar os comandos, você será enviado para uma tela com alguns menus, então clique em “gerenciador de tarefas” e repita o passo anterior.

4 – Busque por vírus e malwares

Malwares e vírus são problemas constantes para a maioria dos usuários de internet. Eles podem causar diversas complicações, como “sequestrar arquivos” e desacelerar sua internet.

Para usuários do Windows, o próprio sistema operacional possui um antivírus, o Windows Defender. Ele pode evitar vários malwares e ainda buscar os que podem ter passado despercebido. Também existem programas de terceiros, que fazem as mesmas funções. Você pode baixá-los na loja de aplicativos.

5 – Fique perto do roteador

Essa é uma dica especial para quem usa exclusivamente o wi-fi. A distância entre o seu computador ou celular e o roteador pode atrapalhar na conexão. Além da interferência causada por paredes, portas e pisos (quando o roteador está em outro andar), quanto maior a distância do aparelho, maior a dificuldade de conexão e estabilidade do sinal.

6 – Mude a rota DNS

Às vezes, o problema pode estar na rota DNS que, em resumo, é o caminho que sua internet faz até o servidor, de ida e volta. Então, quanto menor a rota, melhor o tempo de resposta.

Por padrão, a rota DNS é decidida automaticamente no computador, mas é possível alterá-la e usar opções gratuitas ou pagas. Existem duas rotas grátis altamente eficientes: Google e OpenDNS.

Se você quer saber como alterar a rota, veja o nosso tutorial abaixo:

  1. Encontre o símbolo de wi-fi na barra de tarefas do seu computador;
  2. Clique com o botão direito e escolha a opção “Abrir configurações de rede e internet”;
  3. Na janela que se abrir, clique em “Alterar opções de roteador”;
  4. Uma nova janela irá se abrir, nela, encontre seu wi-fi ou conexão ethernet e clique com o direito para então escolher a opção “Propriedades”;
  5. Mais uma janela irá se abrir, nela role até encontrar a linha escrito “Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4)”, em seguida clique com o direito e “Propriedades” mais uma vez;
  6. Nesta nova janela, marque a opção “Usar os seguintes endereços de servidor DNS”;
  7. Agora, na caixa “Servidor DNS Preferencial” digite 8.8.8.8 e na caixa “Servidor DNS Alternativo” digite 8.8.4.4 para usar o DNS do Google. Clique em “Ok” para salvar.

Se o DNS do Google não lhe satisfizer, você pode usar a opção do OpenDNS, usando os números 208.67.222.222 para DNS Preferencial e 208.67.220.220, para o DNS Alternativo.

7 – Atualize o firmware do roteador

Assim como computadores e celulares, o roteador também conta com um programa que irá comandar as funções do dispositivo, o firmware. É possível que ele fique desatualizado e, portanto, necessite de atualizações.

O processo para atualizar um firmware é bem simples. Tudo que você precisa fazer é identificar o modelo exato do roteador, além da marca. Depois, basta procurar no google “atualização roteador [modelo] [marca]” e baixar o que encontrar. Após isso, siga as instruções no gerenciador de instalação do programa.

A minha internet não melhorou

Se, mesmo após seguir essas dicas, sua internet não apresentar melhorias, entre em contato com o seu provedor. E se ainda assim eles não puderem resolver, talvez seja a hora de trocar para uma provedora confiável e de qualidade. Consulte os planos do Melhores Ofertas, que garantem qualidade, segurança e economia para você.

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos