AirTags: conheça o gadget de rastreamento da Apple

AirTags: conheça o gadget de rastreamento da Apple

Felipe Felipe 17 maio 2021

Etiqueta que  ser fixada em chaves, mochilas, ou outras itens do dia a dia que podem fazer falta 

A Apple lançou recentemente os AirTags, espécie de etiqueta eletônica que pode ser fixada em objetos pessoais, e permite o seu rastreamento via smartphones e demais dispositivos Apple. Apesar de já existirem dispositivos de outras empresas coma mesma função, os AirTags oferecem integração com o ecossistema iOS.  

O lançamento ocorreu nos Estados Unidos antes de ser feito no Brasil, tendo sua pré-venda liberada no dia 23 de abril. 

O AirTag é um dispositivo bem pequeno, redondo, parecido com uma moeda de aproximadamente 3 centímetros de diâmetro, bem leve e revestido por aço inoxidável. Seu design carrefa o famoso logo de  maçã mordida da marca e você pode gravar seu nome nele em uma das lojas Apple fora do Brasil.

A Samsung já possui uma tecnologia parecida chamada Galaxy SmartTag, e com a chegada no Brasil, a Apple entra na disputa por venda de dispositivos com essa finalidade, que localiza objetos offline ainda que distantes do celular.  As semelhanças não param por aí, e o design de ambos os aparelhos é muito parecido.

Pré-lançamento e lançamento no Brasil 

Os valores de venda no Brasil já estão disponíveis. São vendidas unidades separadas no valor de R$369,00 ou kits com quatro unidades que custam R$1249,00. O e-commerce oficial da Apple está dispondo de frete grátis na compra dos seus dispositivos além de suporte de compra e de uso, já conhecidos dos clientes da marca.  

Os AirTags podem ser comprados nas lojas físicas e também pela internet.

Nos EUA, o valor de úm único AirTag é de 29 dólares, e o kit com quatro unidades custa 99 dólares. A diferença de valor entre o produto vendido nas lojas estadunidenses e brasileiras é bem significativo e se deve principalmente ao difícil momento econômico, assim como o acúmulo de impostos gerados em produtos produzidos fora do país. 

Os AirTags podem ser acoplados à chaveiros de couro produzidos numa parceria da Apple com a marca Hermès, trabalhados de forma artesanal. Esses acessórios ainda não estão sendo vendidos no Brasil. 

Como utilizar o AirTag? 

O equipamento se conecta ao iPhone por aproximação. Nas configurações, é possível nomear os dispositivos, tornando ele mais pessoal e diferenciado para te ajudar na hora de fazer a busca. 

Para fazer a busca, é necessário que o usuário baixe no seu smartphone o aplicativo Find Me. Ele irá fazer a busca do seu AirTag onde quer que esteja. A Apple garante sua segurança de dados, fornecendo a localização somente para os dispositivos cadastrados.   

Os Airtags emitem um bip que funciona através de controle de voz com a assistente virtual Apple, a Siri. Ao perguntar “Siri, onde estão minhas chaves?”soará um bip para que você facilmente possa encontrar seu objeto perdido. O som do bip é bem audível se o objeto estiver próximo, como derrubado em algum lugar, ou esquecido em algum cômodo.  

Apesar de você poder encontrar seus objetos que estão perto de você, também é possível encontrar os que estão a quilômetros de distância. Isso acontece porque além dos bips que libera, os AirTags buscam sinal de outros dispositivos Apple para que esses dispositivos mandem sinal para seu iPhone ou iPad, via iCloud. 

O usuário de um aparelho da maçã que não é dono do gadget de localização não tem como saber que seu aparelho tem se comunicado com outro. A tecnologia de criptografia de dados que a Apple usa para proteger seus usuários é muito avançada e uma das mais seguras.  

O aplicativo Find Me também mostra a direção na qual você deve seguir para procurar o seu gadget, mas só está disponível até o momento para alguns modelos de celular. São eles: 

  • iPhone 11 
  • iPhone 11 Pro
  • iPhone 11 ProMax 
  • iPhone 12 
  • iPhone 12 mini 
  • iPhone 12 Pro  
  • iPhone 12 Pro Max 

A ferramenta de busca específica mostra a distância que seu AirTag está de você, e indica o sentido que você deve procurar sua chave, carteira, ou que quer que esteja junto ao seu dispositivo.  

Funcionalidades do AirTag

Uma outra função desse novo dispositivo é prevenir que seus objetos se misturem com os de outras pessoas e você perca seus objetos. Se seu AirTag for parar nas coisas de outra pessoa e ela se confunda com o próprio dispositivo, o aplicativo no seu celular irá mandar notificações para te alertar da movimentação. Caso não se aproxime do seu gadget, após um tempo, ele irá enviar sons de alerta para que você localize mais rapidamente seus pertences. 

É importante lembrar também que os bips só são emitidos pelo dispositivo quando o iPhone vinculado a ele se afasta durante a procura.Como é o funcionamento dos AirTags? 

Assim como o produto da marca concorrente, a novidade funciona com tecnologia Bluetooth. Uma versão mais atualizada do Galaxy SmartTag também utiliza UWB, sigla de Ultra Wideband, um sistema de localização criado pelo governo dos Estados Unidos  em meados dos anos 60. 

Dispõe de um chip U1, assim como no Apple Watch, que serve para localização espacial perfeita e além de tudo oferece resistência à água e a poeira. Pode ser submerso na água com até um metro de profundidade durante no máximo trinta minutos sem apresentar defeitos, devido a pressão da água e a propagação de sinal. 

Os AirTags são mais um sistema da Apple que dispõe de conectividade NFC (Near Field Communication) ativa. Em outras palavras, isso significa que o sistema interno desse pequeno equipamento possui uma fonte de energia própria.  

O funcionamento dessa tecnologia necessita de uma aproximação entre dois dispositivos, que é indicado pelo seu próprio nome, que em português significa “comunicação de campo próximo”. Essa tecnologia já estava disponível em outros equipamentos da Apple, já que desde o lançamento do iPhone 6 vem sendo incluso no hardware do smartphone. 

O funcionamento fica por conta de uma bateria CR2023, que tem a forma de moeda e ao acabar sua vida útil pode ser substituída sem muita dificuldade, comprada em qualquer relojoaria ou supermercado. 

Vantagens e desvantagens do AirTag

Como para com todos os dispositivos do ecossistema iOS, a Apple cuida muito bem da segurança de dados dos seus usuários, e não seria diferente com os novos AirTags. Todos os dados só podem ser acessados pelo próprio dono, as informações do dispositivo são completamente criptografadas. 

Além disso, possui alto-falantes que emitem os sons, acelerômetro interno que é o que vai permitir essa busca mais precisa de localização, indicando um lado ou outro. Uma desvantagem, no entanto, é que para poder fazer uso de todas essas funcionalidades você precisa ter um modelo de iPhone mais recente e atualizado.  

Fique por dentro

Receba as novidades no seu e-mail.

icone newsletter
banner lateral

Encontre o plano ideal para você.

Veja os planos

Selecionamos os melhores planos de telefonia, internet e tv por assinatura para o seu perfil.